Contrato de compra e venda de gato

É muito bom ter um pet dentro de casa. Com muito amor e carinho, escolher adotar ou comprar um pet é um passo importante na vida de qualquer pessoa, e por isso deve ser algo bem pensado.

Os animais também são comercializados nos dias atuais. De raças diversas, é comum encontrarmos pessoas que querem comprar um determinado gato de uma raça específica, por exemplo. É preciso tomar cuidado, no entanto, até nesse tipo de negociação, é preciso emitir recibo e fazer contrato, garantindo a segurança da negociação.

O contrato deve ser feito de forma cuidadosa e deve girar em torno de todas as informações necessárias para garantir a segurança do comprador, do vendedor e do pet.

Modelo

Compromisso

  1. O Novo Proprietário está recebendo o gato por ele escolhido e inspecionado. Reclamações posteriores não serão aceitas.
  2.  O Novo Proprietário compromete-se em garantir que o animal tenha direito a uma habitação livre de riscos, não permitindo que ele vague livremente pelas ruas e nem o mantendo confinado em gaiolas por mais de 8 horas por dia.
  3. O Novo Proprietário compromete-se em garantir companhia e carinho a este filhote ou adulto, não o deixando sozinho e sem atenção humana por longos períodos.
  4. O Novo Proprietário compromete-se em garantir que o animal tenha direito a alimento e água em quantidades adequadas às suas necessidades.
  5. O Novo Proprietário compromete-se em providenciar assistência veterinária qualificada sempre que necessário, mantendo sempre atualizadas as vacinas do animal, e assegurando que ele permaneça limpo e livre de parasitas.
  6. O Novo Proprietário compreende que todos os gastos com a assistência veterinária após a entrega do filhote ou adulto, correm por sua conta.
  7. O Novo Proprietário devolverá incondicionalmente o filhote ou adulto, caso este seja encontrado negligenciado ou mal tratado.
  8. O Novo Proprietário concorda que 40% (quarenta por cento) do valor total combinado será destinado a Reserva do animal, e no caso de sua desistência, ele renuncia incondicionalmente a este valor a titulo compensatório.
  9. O Novo Proprietário concorda, que todos os custos decorrentes do transporte dos animais até sua residência são de sua responsabilidade.
  10. O Novo Proprietário compreende que deve seguir todas as orientações fornecidas pelo Criador, inclusive em relação à alimentação do filhote, evitando-se problemas de saúde posteriores.
  11. O Novo Proprietário concorda que está adquirindo o filhote ou adulto para si próprio, portanto lhe é vedada a permissão de revenda ou repasse do animal sem prévia autorização da sua criadora.

Garantia

  1. O Criador assegura que está entregando o animal sem sinais clínicos de doenças infecto-contagiosas, vermifugado, com pais negativos para PKD, exame feito por DNA, e com as vacinas atualizadas, de acordo com o a Carteira Médica, bem como os exames laboratoriais e laudos dos exames radiográficos ou ultrasonográficos, caso o animal os tenha realizado, juntamente com o animal.
  2. O Criador assegura que este animal é de raça pura, qualidade _______ (Pet, Breeder ou Show )  com linhagem comprovada conforme o registro dos pais, e que o Certificado de Registro ou Pedigree, será entregue via correio, em carta registrada, assim que for totalmente quitado o valor correspondente à venda do animal, e emitido pelo Clube ou Federação.
  3. O Criador não garante resultados futuros em exposições, na reprodução e na saúde do animal tendo em vista tratar-se de um ser vivo que em condições de manejo e ambiente diferenciados podem sofrer influências significativas.
  4. O Criador se compromete a enviar o animal de padrão PET, castrado, sem custos adicionais ao Novo Proprietário.
  5. O Criador se responsabiliza por ressarcir o Novo Proprietário com um animal de qualidade equivalente, caso o filhote ou adulto venham a óbito dentro de um período de 15 (quinze) dias após a entrega deste, por doença infecto-contagiosa adquirida anteriormente à entrega. O óbito deve ser devidamente comprovado mediante laudo médico veterinário, acompanhado do diagnóstico e exames de causa mortis. Esta garantia não se aplica a casos intencionais ou acidentais de intoxicação, envenenamento, medicação ou alimentação que não aquela indicada quando da entrega do animal.
  6.  O Criador se responsabiliza em receber o animal de volta no caso de desistência por parte do Novo Proprietário, por qualquer razão, até o prazo máximo de 3 (Três) dias após a data de entrega. O animal deverá estar em perfeitas condições físicas e de saúde, e sua devolução não isenta o Novo Proprietário do pagamento dos 40% (quarenta por cento) do valor do animal.
  7. O Criador se compromete em devolver integralmente todos os valores já pagos, no caso de desistir da opção de venda.

 

Fica eleito o Fórum de Campinas – SP para a solução de quaisquer questões oriundas deste contrato, com renúncia expressa a qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

Estando Novo Proprietário e Criador de acordo, assinam o presente contrato em duas vias.

Campinas,

 

_______________________________                    _______________________

Novo Proprietário                                                        Criador

Dicas de compra de gato

Contrato de compra e venda de gato

Foto: Pixabay

Antes de comprar um gato, lembre-se que ele é um ser vivo, e como tal deve ser bem cuidado com carinho e muita responsabilidade, sendo um novo integrante da família, e não apenas um bichinho para se ter em casa e não dar atenção.

Junto com o gato, chegam muitas responsabilidades como cuidar da alimentação, higiene e saúde do pet. Trata-se, inclusive, de um investimento financeiro considerável, já que o pet precisa ter uma caminha, brinquedos, vacinas e medicamentos, além de muito carinho e dedicação.

É preciso pensar também que um gato vai mudar o cheiro da sua casa, além de ter que planejar ainda melhor as viagens, não sendo possível viajar de ultima hora. Trata-se, no entanto, de sacrifícios que valem a pena, pois você será recompensado com muito amor e fidelidade.

Você precisa analisar também a seguinte questão: gato de raça ou gato vira-lata?

Quando você opta por um gato de raça, você pode escolher algumas das características físicas que agradam, como pelos longos ou pelos curtos, por exemplo, ou ainda poder ter o histórico de saúde dos pais do gato que está adotando.

Mas isso não é exatamente uma garantia. Gatos de raça normalmente tem mais problemas de saúde e, portanto, se dinheiro é uma preocupação, opte pelo vira-latas, pois ele ficará menos doente e tem comportamentos menos extremos.

Ao escolher um gato de raça, recomendamos que você estude muito bem cada uma delas antes de adotar, pois as características peculiares envolvem não apenas a aparência, mas também o psicológico do gato.


Escrito por: Natália Petrin

Categorias: Contratos