Dicas de como escrever um e-mail profissional

No mundo em que vivemos hoje, falar bem não é o suficiente, é preciso ser bem comunicativo tanto pessoalmente, quanto por telefone, e até mesmo via internet. A web nos serve como facilitadora da comunicação e vem sendo o método mais utilizado por empresas para discutir assuntos profissionais e até mesmo futuras contratações.

Por essa razão, saber enviar um bom e-mail ou não pode refletir positiva ou negativamente nessas relações. Ainda usando o campo profissional como exemplo, faz-se necessário ter noções de como abordar o tema proposto, saber como ser sucinto e claro e ao mesmo tempo ser educado e atencioso. Unindo todas essas qualidades o processo de comunicação feito via rede pode resultar em uma carreira bem-sucedida.

Pensando nas dúvidas que algumas pessoas ainda possuem à respeito de como escrever um e-mail profissional, o Modelos Fáceis trouxe algumas dicas que vão melhorar a sua aptidão na escrita e assim garantir boas aparências.

Dicas de como escrever um e-mail profissional

Foto: Reprodução/ internet

Dicas para um bom e-mail profissional

  • Assunto: Logo quando vamos digitar um texto, uma das maiores dificuldades é escolher o tema do mesmo. Nos e-mails essa parte recebe o nome de assunto e é a palavra de destaque na caixa de entrada do receptor. Por isso, é importante escolher o nome que defina o conteúdo, assim quem o receber terá como escolher e organizar aquilo que é mais importante de ser visto. Opte por palavras chamativas e diretas;
  • Início do texto: A essa parte damos o nome de introdução. Nela deverá conter as informações que todo o texto vai tratar, igual no jornalismo que possui um “lead”, o parágrafo que resume todo o texto e apresenta logo os assuntos mais importantes. Seja sempre claro e direto;
  • Desenvolvimento: Escreva no corpo do texto os desdobramentos da introdução, com as informações secundárias, mas que se fazem importantes. É indicado ser claro, sem enrolar. O propósito é que o leitor entenda de imediato o que se trata o e-mail, não sendo necessário que ele leia mais de uma vez para obter a compreensão;
  • Conclusão: A dica é que no final do e-mail, você coloque seu nome e o contato. Desta forma, você se coloca a disposição do receptor para possíveis dúvidas ou até mesmo para marcar algo.

Atenção na escrita do e-mail

Além dessas dicas, quem escreve o e-mail deve ficar atento na escrita e nas palavras escritas. Por exemplo, no começo do texto é recomendado o uso do vocativo “senhor” ou “senhora” seguido do cargo exercido pelo receptor. Outra orientação valiosa é fugir dos clichês dos e-mails, como “venho por meio deste”, “através deste” etc.

Em contrapartida, sempre utilize no final dos textos e antes da sua assinatura, palavras como “atenciosamente” ou “respeitosamente”. Além disso, leia o conteúdo escrito por você várias vezes antes de enviar, assim você corrige algum erro de ortografia, concordância e até mesmo de digitação. Um e-mail bem estruturado, com palavras formais e escritas da forma correta indica que quem o escreveu dedicou tempo a ele e isso é um importante ponto para quem está sendo avaliado.


Escrito por: Katharyne Bezerra

Categorias: Dicas