Entenda tudo sobre antecipação do 13º salário

Você é um daqueles que já se pegou em meio a um sufoco financeiro, levando em consideração que ainda está no meio do mês? Pois, se isso lhe serve de consolo, muita gente também amarga essa situação, ainda mais na atual conjuntura econômica, com o país atravessando uma das piores crises da história.

Saiba que o trabalho formal pode contar com algumas vantagens para driblar esse momento: a antecipação do 13º salário. Mas, vá com calma. O que pode parecer uma vantagem tem lá seus riscos e danos para o bolso. Entenda tudo sobre a possibilidade.

A legislação trabalhista vigente estabelece que o 13º salário seja pago em duas parcelas. A primeira, de fevereiro a novembro de cada ano e a segunda, até dia 20 de dezembro. Atualmente, a antecipação do 13º salário também é oferecida pelos bancos: Caixa, Bradesco, Santander e Banco do Brasil. Neste caso, como se trata de uma linha de crédito, o solicitante está sujeito a pagamento de taxa, que varia de 2,59% a 4,60% ao mês. Lembrando que, o valor do benefício não é liberado na sua totalidade, podendo chegar a até 80% dele.

Entenda tudo sobre antecipação do 13º salário

Foto: depositphotos

O que diz a lei

O pagamento da primeira parcela do 13º salário está prevista no artigo 2º, § 2º da Lei 4.749/65, que dispõe sobre o pagamento da gratificação natalina prevista na Lei 4.090/62.

Ela estabelece que o adiantamento possa ser concedido juntamente com o pagamento das férias do empregado, desde que este faça a solicitação (por escrito) ao empregador durante o mês de janeiro do corrente ano. Levando em consideração do dia 1º ao dia 31. Nesse caso, o empregado não paga nenhuma taxa por isso. Após este período, caberá ao empregador a liberação do referido pagamento ao empregado.

Exigências bancárias

Antes de aderir a linha de crédito bancária e dar entrada na linha de crédito, vale a pena prestar atenção em algumas exigências. No Banco do Brasil, na Caixa e no Bradesco, por exemplo, é necessário que o correntista receba o salário pelo banco. No Banco do Brasil, a outra exigência é que o empregador seja conveniado à ele. Na Caixa, é necessário estar empregado por, no mínimo, 12 meses ou ser aposentado ou pensionista do INSS, recebendo o benefício pela Caixa.

Ônus e bônus a respeito do adiantamento

A julgar pela necessidade que obriga o trabalhador a optar pelo adiantamento do 13º salário, algumas precauções devem ser levadas em consideração. No caso do requerente optar pela linha de crédito, é importante lembrar que, quanto mais cedo resolver antecipar o 13º salário, mais tempo ficará sob o efeito das taxas de juros cobradas.

Sendo assim, o acúmulo dos juros deve representar um peso considerável, ao fim do ano. Só cogite o adiantamento bancário, em último caso, pois suas finanças podem virar uma bola de neve. O que aconselham os economistas é dedicar mais tempo ao planejamento dos gastos e, em tempos de crise, cortar despesas desnecessárias.


Escrito por: Robson Merieverton

Categorias: Diversos