Faça uma boa redação em prova de concurso público

Seja estudante ou concurseiro, a prova subjetiva é sempre vista como um “bicho de sete cabeças”. As pessoas estão sempre prontas para a prova fechada, mas quando o assunto é redação o desespero parece tomar conta do candidato, que muitas vezes não consegue se sair bem nesta etapa do concurso.

Bem mais do que conhecedor de técnicas gramaticais, como acentuação, pontuação e ortografia, o indivíduo que participa de um processo de seleção precisa conhecer o assunto abordado no tema e ainda saber quais são as indicações feitas pela Associação Brasileiras de Normas e Técnicas (ABNT) a respeito da elaboração de um bom texto.

Redação: estrutura de um bom texto

Faça uma boa redação em prova de concurso público

Foto: depositphotos

Antes de mais nada é preciso compreender a estrutura física do texto, a formando com parágrafos bem arrojados. É preciso que a redação tenha início, meio e fim, o que em português chama-se de introdução, desenvolvimento e conclusão, respectivamente. Cada parte desta tem suas características quanto à apresentação do tema.

Por exemplo, na introdução o candidato deve apontar de forma clara sobre qual assunto o texto vai tratar. É uma síntese de toda a redação. Já no desenvolvimento, o concurseiro tem que trazer à tona exemplos, dados, falas de terceiros e informações concretas para situar o leitor sobre o seu ponto de vista.

Estes aspectos são importantes porque fazem da redação um texto que foge do senso comum, oferecendo uma visão com embasamento. A redação deve terminar com a conclusão, nela é preciso colocar quais são as possíveis soluções para este caso.

Contudo, além de seguir tais recomendações, o escritor não pode focar em cada estrutura como se elas fossem independentes umas das outras. Pelo contrário, a introdução, desenvolvimento e conclusão precisam está bem amarradas e conectadas. Pense que a redação é composta por vários retalhos de pano e você, como costureiro, precisa uni-los para formar uma única peça, coerente e coesa.

Dicas fundamentais para uma boa redação

  • É importante escrever diversas redações de diferentes temas como forma de preparação, pois só com a prática há um aperfeiçoamento de técnicas;
  • Ler é uma das dicas fundamentais. Isto porque, quem lê bem tende a escrever com a mesma qualidade, tendo em vista que a leitura é um caminho que abrange as possibilidades do indivíduo, aumentando a imaginação e o vocabulário;
  • Outra dica importante é eliminar da escrita palavras de baixo calão, gírias ou regionalismo. Buscar a linguagem formal deve ser uma luta constante;
  • Lembrar que escrever bem é diferente de escrever difícil é uma boa técnica para não deixar o texto confuso. Existem palavras simples no vocabulário, que acabam encaixando melhor no texto do que aquela expressão difícil e arcaica;
  • É preciso buscar sempre a clareza e a objetividade. Frente a isso, optar por parágrafos pequenos, com poucas vírgulas e utilizando-se corretamente de pontos finais são saídas eficazes;
  • Usar sinônimos é essencial, pois assim o texto não fica repetitivo e nem cansativo para o leitor.


Escrito por: Katharyne Bezerra

Categorias: Dicas