Modelo de carta de renúncia de síndico

Em condomínios é normal encontrarmos alguém que é morador, mas que tenta apaziguar, resolver e organizar o prédio onde vive. A essa pessoa damos o nome de síndico e que além dessas atribuições ainda precisa fazer outras atividades, bem como demitir e contratar funcionários, receber e expor reclamações, cobrar judicialmente os atrasados, realizar obras de baixo custo, prestar contas, promover reuniões etc.

Resolver esses problemas parece não ser um trabalho fácil, pois além de resolver suas próprias dificuldades deve ouvir os outros moradores e tentar fazer daquele prédio um lugar tranquilo, de boa habitação e seguro para os residentes. Alguns percalços podem surgir, como a pressão psicológica vinda dos vizinhos, alguma outra proposta de emprego, uma viagem de loga, entre outras. Dessa forma é necessário que o síndico deixe o cargo, e se isso ocorrer antes do seu mandato ele deve documentar a sua saída e apresentá-la à assembleia.

Modelo de carta de renúncia de síndico

Foto: Reprodução/ internet

Pensando nisso, o Modelos Fáceis trouxe um modelo de carta de renúncia proposta por um síndico. Além de trazer algumas informações e dicas para que esse prestador de serviço deixe o seu cargo da melhor forma possível.

Modelo de carta de renúncia de síndico

 

(Espaço para colocar a data)

 

Membros do Conselho Administrativo do Condomínio Edifício ___________________________________________________.

Venho através desta carta comunicar que, em caráter irrevogável, eu ______________________________________________________________, renuncio ao cargo de síndico de condomínio Edifício _______________________________________, devo permanecer no posto até _________________ (data, mês e ano.).

Solicito providências para que uma nova Assembleia Geral seja convocada e que na pauta conste eleição de novo síndico, conforme preceitos da Convenção Condominial.

Agradeço a contribuição de todos durante o período em que ocupei o cargo de síndico, colocando-me a disposição para todo e qualquer esclarecimento que se fizerem necessário.

 

Atenciosamente,
____________________________ (Assinatura do renunciante)

Dicas para o síndico que deseja renunciar o cargo

  • A escolha do papel: Pode até parecer irrelevante, mas esse ponto define a importância que você dá ao documento. Uma folha com desenhos, brilhos, ou elementos gráficos que promovem a distração não é tão formal quanto um papel estilizado e de alta qualidade. A cor deve ser branca ou, no máximo, bege. Essas dicas são úteis, por que o que deve chamar a atenção é o texto e não a forma como ele está sendo entregue ao leitor;
  • O texto: Seja formal. Renúncia é algo sério e que pede esse tom de formalidade. Inclua pronomes de tratamento como senhor ou senhora. Fuja de abreviações até mesmo na data, colocando o mês por extenso e completo;
  • Seja claro: Se o objetivo da carta é a sua renúncia deixe isso explicito. Escape das enrolações, seja direto e claro. O leitor não vai adivinhar o que você deseja, por isso explique para ele sua decisão;
  • Dê um tempo para assembleia: É muito complicado escolher um novo síndico, por isso, na carta explique a assembleia que você ficará no cargo até um certo momento, para que eles tenham tempo para a escolha de um novo líder;
  • Procure pela cordialidade: Sempre se coloque à disposição dos moradores. Mesmo deixando o cargo é importante essa prestatividade. Além disso, agradecer pela confiança e pelas pessoas que o ajudaram são boas dicas a serem seguidas;
  • Finalização: Termine o texto com um “atenciosamente” ou “cordialmente”. Além, é claro, da sua assinatura.


Escrito por: Katharyne Bezerra

Categorias: Cartas