Carta de solicitação de crédito a bancos

Modelo

Para:

Atenção a:

De:

Assunto: solicitação de crédito

Prezados senhores (as), em virtude do grande desenvolvimento do mercado (especificar área de atuação da empresa) e do aumento da demanda por nossos produtos, não estamos conseguindo atender aos pedidos numerosos e urgentes, uma vez que nossa produção ainda é pequena.

Para que possamos produzir maior quantidade e satisfazer a todos os compradores, precisamos ampliar nossa indústria, adquirindo novas máquinas e aumentando nosso quadro de funcionários.

Assim sendo, precisamos de um financiamento de (informe a quantia desejada), para que possamos cobrir os encargos a serem assumidos, cujos resultados reverterão em benefício de nossa cidade.

 

No aguardo de uma resposta favorável, apresentamos-lhes,

 

Cordiais saudações,

 

Nome

Cargo

*Copie do seu navegador até um documento de texto, preencha com seus dados e basta imprimir!

Saiba mais!

Modelo de carta de solicitação de crédito a bancos

Foto: Reprodução

Que indivíduo nunca se viu numa situação financeiramente desfavorável e precisando de dinheiro ? Às vezes, quando é difícil de se reorganizar, há a necessidade da solicitação de empréstimos bancários. Quando o cidadão (ou até mesmo uma empresa) necessita de crédito em bancos, a primeira providência é enviar uma carta de solicitação de crédito a entidade financeira que possivelmente estará pré-disposta a fornecê-lo.  A carta de crédito nada mais é do que uma maneira de assegurar os direitos da parte beneficiada e da parte financiadora. Na maioria dos casos existentes, esta vem a ser a maneira mais barata e prática de conseguir empréstimos, evitando a incomoda situação de ter de desfazer-se de bens conseguidos com tanto esforço e trabalho ou de envolver terceiros.

O primeiro passo quando se trata de tais cartas de solicitação é mostrar ao financiador, de forma convincente, que terá condições no futuro de arcar com as despesas sobre o dinheiro conseguido outrora e a certeza de que irá restituir o banco da quantia adquirida. O passo seguinte é conscientizar-se de qual caso faz parte. Algumas pessoas já possuem crédito pré-estabelecido na instituição e, para conseguir dinheiro, é apenas necessário sacar a quantia desejada. O mesmo também vale para empresas que já tenham a existência sólida de um ano no mercado. Caso o indivíduo não possua tal crédito pessoal, será realmente necessário o envio da Carta de Crédito, onde deverá persuadir o banco e dar reais provas de que devolverá o que pediu emprestado dentro do prazo de tempo que foi estabelecido na carta.

Um fator que é crucial para a agilidade e facilidade em receber o empréstimo é ter o nome limpo quando se trata de SPC e SERASA, proteções de crédito que o banco checa antes de entregar o dinheiro ao beneficiado. Ter o nome “sujo” pode ser um prejuízo em potencial em relação ao processo, podendo até não conseguir o mesmo.

Evite futuros arrependimentos! Informações necessárias tratando-se de empréstimo

Deve-se lembrar, antes de qualquer coisa, que o dinheiro a ser restituído não é apenas o que você pegou inicialmente. Nas parcelas referentes ao financiamento serão acrescentadas taxas de juros que, na maioria das vezes, não são baratas (o que pode vir a pesar no bolso do cliente em questão). É recomendado que apenas seja feito o empréstimo no caso de real necessidade e após muita pesquisa e reflexão sobre o ato. Vale ressaltar também que deve-se procurar instituições sérias e confiáveis para não cair em golpes futuros.


Escrito por: Helena Silva

Categorias: Cartas