Não quer perder o emprego? Evite esses 6 erros

Conseguir um emprego é um acontecimento raro hoje em dia, tendo em vista as poucas oportunidades e também o grande número de desempregados que existem, aumentando assim a concorrência aos cargos.

Para se ter uma ideia, no último senso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010, mais de 11 milhões de pessoas em todo o país estava sem emprego.

O Brasil aparece em sétimo lugar na lista dos 51 países com as maiores taxas de desemprego do mundo, de acordo com o levantamento feito pela Austin Rating. Assim, levando em consideração este problema, é preciso que as pessoas empregadas desenvolvam técnicas para se manter no trabalho.

Como evitar uma demissão?

Não quer perder o emprego? Evite esses 6 erros

Foto: depositphotos

Se manter no emprego pode ser um desafio, não só por questões externas como desequilíbrio da economia, crises etc., mas também por motivos internos que perpassam o profissional e os próprios patrões. Sendo assim, o diretor de cursos profissionalizantes, Guilherme Maynard, enumera seis erros que não podem ser cometidos por quem deseja manter-se empregado, são eles:

Chegar atrasado

Chegar fora da hora vez ou outra não é um problema, afinal existem alguns contratempos que pode afetar qualquer um. Mas, o ato de tornar isto um hábito pode gerar consequências irreparáveis, como, em casos extremos, a perda do emprego. Por isso, sempre busque chegar na hora correta e caso atrase, busque se justificar com o chefe, mostrando interesse em se explicar.

Falta de qualidade nas entregas

Este tipo de situação é comum quando os profissionais estão insatisfeitos com a falta de reconhecimento dentro da empresa. Contudo, este tipo de comportamento não irá ajudar no crescimento profissional e isso deve ser levado em consideração. “Quando estamos à frente de um projeto é necessário ter dedicação total. Quando é feito de qualquer maneira, o prejudicado será apenas você mesmo. O produto final é o espelho do seu empenho e, se você não se entrega completamente, pode se preparar para entregar currículos”, comenta Maynard.

Estagnar na profissão

“A busca por qualificação deve ser constante. Dominar as novas linguagens tecnológicas e ter na ponta da língua outro idioma é essencial para um plano de carreira. Quando você amplia o currículo, a empresa reconhece a sua dedicação e ela, certamente, será recompensada”, alerta o especialista. Manter-se atualizado e antenado com a profissão é importante para não perder a vaga para um outro profissional que esteja mais qualificado.

Mau relacionamento com os colegas de trabalho

Manter uma boa relação com as pessoas do emprego é uma maneira de ganhar pontos positivos com o chefe, isto porque uma equipe que trabalha unida produz com mais qualidade. Sendo assim, é importante não envolver em intrigas, não fazer comentários que menosprezem alguma função e ser sempre prestativo com os outros profissionais.

Cometer os mesmo erros

“Se você receber uma bronca, não leve para o lado pessoal. O superior tem a missão de te orientar quando perceber que você não está indo bem em determinada tarefa. Mostre que o escutou e tente melhorar a habilidade. Saiba ouvir e não repita os mesmos erros que te fizeram ganhar um sermão”, indica Maynard.

Falar mal da empresa

Este é um dos erros mais comuns entre os trabalhadores, as vezes porque o trabalho é muito pesado, porque o salário é inferior ao esperado ou até mesmo devido aos posicionamentos do chefe. Sendo assim, se você deseja se manter empregado, o especialista recomenda que este erro seja ultrapassado.


Escrito por: Katharyne Bezerra

Categorias: Dicas