Nota de esclarecimento

A nota de esclarecimento é um documento formal que tem como função esclarecer fatos ou expor motivos que levaram a uma decisão específica. Esse documento é geralmente usado por empresas e entidades, mas uma pessoa física também pode fazer uso dele. É comum ver esse documento – na íntegra ou apenas uma menção – em veículos jornalísticos, pois é através dele que muitos órgãos respondem a acusações ou pedem desculpas por equívocos.

Confira um modelo simples de nota de esclarecimento

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Associação dos Moradores do Vale do Comendão vem a público esclarecer que rescindiu o convênio firmado com a empresa Cursos Estudantis Ltda.

A medida foi tomada em razão da má prestação de serviços pela referida empresa, que vinha constantemente descumprindo as cláusulas contratuais e prejudicando os associados que faziam uso destes serviços.

Entretanto, vale ressaltar que uma nova empresa do ramo já está sendo objeto de análise e devemos em breve firmar convênio com a mesma.

Sempre primando pela busca em ofertar a seus associados os melhores benefícios, nos colocamos à disposição de todos para quaisquer esclarecimentos.

Att.

Associação dos Moradores do Vale do Comendão

*Copie o modelo de seu navegador até um documento de texto, preencha com seus dados e está pronto para usar!

O documento

Nota de esclarecimento

Imagem: Reprodução

A nota de esclarecimento como o próprio nome adianta visa tornar claro alguma informação ou conduta, tendo ela sido má interpretada ou não. Esse tipo de documento é oficial, representa o posicionamento da entidade/empresa ou pessoa em questão e pode ser enviado para qualquer veículo de comunicação – TV, rádio, jornal impresso, revista. É permitida a divulgação pública do documento por ambos os lados envolvidos.

Na hora de escrever…

  • Como esse documento está passível de chegar a milhões de pessoa é preciso muita atenção ao elaborá-lo. Faça uso de rascunhos, não tenha medo de errar e construa o texto várias vezes. Pare apenas quando perceber que ele está se encaixando no que você espera conseguir através dele (convencer o interlocutor, exigir desculpas, esclarecer um fato, etc).
  • É muito importante que você busque conhecer mais sobre o que está escrevendo, isso evita quaisquer equívocos da sua parte, não deixa você se referir ao fato como um leigo e te dá mais liberdade na hora de escrever. Lembre-se de procurar ser claro ao expor suas ideias e seu ponto de vista, se faça compreender claramente e rapidamente.
  • Prefira um texto curto, sucinto, a um muito longo e floreado, isso pode acabar cofundindo o interlocutor. Os parágrafos servem para deixar as ideias organizadas, coloque isso em prática, comece o texto exatamente com o motivo da carta e termine colocando-se a disposição para mais esclarecimentos.
  • Peça para alguém revisar antes de enviar formalmente (de maneira física ou eletrônica), pois muitas vezes pequenos erros de acentuação, pontuação, de datas ou telefones passam despercebidos a uma primeira olhada.
  • Não use gírias no texto, nem termos coloquiais ou palavras muito rebuscadas, que podem atrapalhar o entendimento do texto.
  • Pontuação exagerada? Esqueça. Melhor maneirar o uso dos sinais de pontuação para não poluir o texto e passar uma imagem inexistente de excitação ou raiva.


Escrito por: Wanessa Galvão

Categorias: Diversos