Público ou privado: qual o melhor tipo de banco?

No Brasil existem dois tipos de agências bancárias: públicas e privadas. Mas, você sabe qual é a diferença entre estas instituições? Quais são as melhores quando o assunto são tarifas baixas para os clientes? E com relação ao relacionamento com os consumidores, quais bancos são melhores? Há uma regra para selecionar a melhor agência do mercado?

A verdade é que são muitas as dúvidas que cercam os clientes, principalmente quando estes estão para decidir em qual banco abrir uma conta ou escolher a melhor agência para criar um vínculo.

Contudo, não existe um regulamento capaz de qualificar as instituições públicas como melhores, em detrimento das particulares. Nem muito menos o inverso. É preciso portanto, que o interessado saiba procurar no mercado as melhores ofertas e entender qual delas condiz mais com sua realidade.

Público ou privado: qual o melhor banco para abrir conta?

Foto: depositphotos

Afinal, quais as diferenças entre bancos públicos e privados?

Tanto as agências bancárias públicas, como as privadas, oferecem aos clientes praticamente os mesmos serviços. As opções de conta-corrente, poupança, cartão de crédito, investimentos, financiamentos e até mesmo linhas de crédito, são alguns dos serviços que ambos os bancos deixam disponíveis para os interessados. O que difere eles, primordialmente, é a administração.

Enquanto os bancos públicos são gerenciados por governos municipais, estaduais ou da união, a exemplo do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDES etc.

O outro tipo de agência está sob o comando de instituições privadas, como o Itaú, Bradesco, Santander e outros. Isso não quer dizer, que no caso dos bancos públicos, não há interferência de empresas privadas. Pelo contrário, pode até haver, porém a maior parte dos investimentos concedidos a estas agências tem origem dos órgãos públicos que as regem.

Vantagens e desvantagens destas agências

Para escolher a agência bancária não é possível levar apenas em consideração a melhor oferta de serviço que você deseja, mas avaliar a instituição como um todo.

De acordo com um pesquisa feita em 2014, pela empresa de Pesquisa de Mercado, Treinamento e Consultoria, isto é, a CVA Solutions, os brasileiros preferem os bancos públicos, tendo em vista que as taxas cobradas por essas agências são menores.

Já segundo um ranking elaborado pelo Banco Central, levando em consideração o número de reclamações feitas pelos clientes em 2015, tem como o líder da lista a Caixa Econômica Federal. Isso quer dizer, que quando o assunto é atendimento e relacionamento com cliente, os bancos públicos parecem não ser as melhores escolhas. Enquanto que quando se refere das melhores taxas, as privadas saem perdendo.


Escrito por: Katharyne Bezerra

Categorias: Diversos