Modelos de cartão de visita

O cartão de visita, de uma forma geral, é um pequeno cartão que conta com dados para contato comercial, seja de um indivíduo em particular ou de uma empresa. Se você precisa de um, mas não sabe como fazê-lo, confira abaixo alguns modelos que podem ser usados para este fim.

Modelo 1

Modelos de cartão de visita

Foto: Reprodução

Modelo 2

Modelos de cartão de visita

Foto: Reprodução

Modelo 3

Modelos de cartão de visita

Cartão de visitas

O cartão de visitas é imprescindível no mundo dos negócios, seja você um empreendedor individual, um representante de uma grande empresa, ou apenas um funcionário. Ele passa, a quem recebe, uma boa ou má impressão sobre quem você é como funcionário, além de como sua empresa é. O visual de um cartão deve ser limpo, contendo apenas o logotipo da empresa, o nome do funcionário, telefone, e-mail, endereço e site, todos os dados disponíveis para contato. Além disso, dependendo do segmento de atuação e da conveniência disso para a empresa, atualmente são colocadas as urls das redes sociais da empresa, como facebook, twitter e instagram, por exemplo.

Ao contrário do que muitos pensam, os cartões não devem conter informações dos serviços prestados ou produtos oferecidos pela empresa, mas sim informar o segmento de atuação da empresa. Para essa outra finalidade, devem ser desenvolvidos folhetos ou folders.

O tamanho usado atualmente para cartões é de 85 mm x 55 mm, pois é mais prático, correspondendo ao mesmo tamanho de cartões de crédito, permitindo que quem o receba possa guardá-lo na carteira ou até mesmo em porta cartões.

Diferencial

Para trazer diferenciais e atrativos ao seu cartão, você pode optar por diferentes materiais de confecção, disponibilizados em gráficas, como metal, papel couché com brilho ou fosco, papel reciclado, PVC e diversos outros. Além disso, é possível optar ainda por acabamentos diferenciados como laminação fosca, verniz total, verniz localizado, relevo americano e cortes especiais com facas personalizadas. É possível criar cartões com muita criatividade, ou criar modelos mais básicos, o que vai depender da demanda da sua empresa, do segmento de atuação e do objetivo da distribuição do cartão. Por exemplo, não adianta você fazer algo extremamente colorido para um escritório de advocacia, pois isso irá retirar o crédito de sua empresa, e torna-la duvidosa.

Além de ter um belo cartão, é preciso que você identifique o momento ideal para entregá-los, aproveitando situações como reuniões e encontros comerciais. Assim como você quer que recebam e guardem seu cartão, receba e guarde o cartão daqueles que lhe oferecerem.

Agora que você já sabe como são feitos os cartões, organize as informações e busque uma forma simples e limpa de divulgar a sua empresa, sempre respeitando o segmento em que atua.